INVERNANTE




Diz-se que uma espécie é invernante num determinado local quando aí passa o inverno. Aplica-se sobretudo a aves e a espécies migratórias. Por exemplo, a Coruja-do-nabal passa o inverno em Portugal podendo ser observada no Estuário do Tejo.