Follow by Email

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Descoberta nova espécie de Lémure-rato em Madagáscar!

Lémure-rato-de-gerp
Uma equipa de investigação composta por investigadores alemães e malgaxes descobriu uma nova espécie de primata na floresta de Sahafina, zona Este de Madagáscar. Esta floresta, que nunca tinha sido estudada antes, é o habitat natural desta nova espécie, o Lémure-rato-de-gerp (Microcebus gerpi), nome escolhido em honra do grupo de investigação malgaxe GERP, Groupe d'Étude et de Recherche sur les Primates de Madagascar (Grupo de estudo e Investigação dos primatas de Madagáscar).
Alguns investigadores do GERP visitaram a floresta Sahafina em 2008 e 2009 para criar um inventário das espécies de lémures naquele local. Nesses anos foram capturados vários Lémures-rato para serem medidos, fotografados e para serem retiradas pequenas biópsias, sendo de seguida libertados. A Professora Ute Radespiel, Instituto de Zoologia da Universidade de Medicina Veterinária de Hannover, analisou as amostras e os dados morfológicos e confirmou que os animais da floresta de Sahafina, pertencem a uma pequena espécie de Lémure-rato noturno que ainda não tinha sido descrita.”Estamos muito surpreendidos pela descoberta.
Lémure-rato-de-goodman
A floresta de Sahafina fica apenas a 50km de distância do Parque Nacional de Mantadia na zona Este de Madagáscar, que contem espécies mais pequenas e diferentes como o Lémure-rato-de-goodman” comentou a Professora Radespiel. Em contraste, o Lémure-rato-de-gerp, pertence a um grupo maior de lémures-rato, isto é, a sua massa corporal é de cerca de 68 g o que faz dele quase “um gigante” quando comparado com o Lémure-rato-de-goodman (44g de massa corpora
A distribuição desta nova espécie é provavelmente restrita aos fragmentos das terras baixas da floresta tropical húmida da região Este de Madagáscar. Se a desflorestação continuar será uma grande ameaça para estes animais.

Os investigadores de Hannover/Alemanha e Madagáscar publicaram a sua descoberta, juntos, no jornal Primates.






Sem comentários: