Follow by Email

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Locomoções e instalações

Bisonte-americano
Que tipos de locomoção conheces? Aqui no Jardim Zoológico, podemos encontrar animais com diferentes tipos de locomoção: os animais ungulígrados, que apresentam cascos, por exemplo o Bisonte-americano, os digitígrados que se apoiam nos dedos, como o caso dos felinos.
Então e os que caminham sobre a planta do pé, como nós ou os Chimpanzés? Somos ambos plantígrados.
Estes tipos de locomoção representam adaptações à locomoção no solo, ou seja, adaptações à marcha, corrida, salto e reptação.

Vamos recordar agora o que é o enriquecimento ambiental! Ainda te lembras? Significa adaptar as instalações, às necessidades dos animais e assim promover os seus comportamentos naturais.

Como estamos a falar dos diferentes tipo de locomoção, será que um animal que nada, tem a mesma instalação que um animal que voa?
Os animais que voam como as aves, têm instalações mais compridas e mais altas, com ramos e troncos onde podem pousar.
Leão-marinho-da-califórnia
Já os que nadam, como os Leões-marinhos-da-califórnia, têm na sua instalação uma piscina para poderem nadar.

Tigre-de-sumatra

Os felinos, como falámos, são digitígrados e usam a marcha como forma de locomoção.  Têm nas suas instalações troncos e plataformas de madeiras, que lhes permitem subir, fazendo para isso uso das suas garras. Mas para os Tigre-da-sibéria e Tigre-de-sumatra, para além disso, também têm lagos, isto porque eles também usam o meio aquático e nadam.
Mico-leão-dourado
Os Chimpanzés têm cordas, redes e estruturas construídas em altura, porque aqui, para além de serem plantígrados, estes animais e outros primatas podem usar as suas mãos e pés, para se agarrarem e treparem. Nos pequenos primatas, como o Mico-leão-dourado, existe muita vegetação para que se possam esconder como fazem no seu habitat natural.
Nota bem que todas estas estruturas físicas de que falamos, são exemplos de enriquecimento ambiental físico e permitem aos animais ter os mesmos comportamentos que teriam no seu habitat natural.

Sem comentários: