Follow by Email

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Interações bióticas intraespecíficas

As relações bióticas podem ser de dois tipos: temos as intraespecíficas, que se estabelecem entre indivíduos da mesma espécie e as interespecíficas que ocorrem entre indivíduos de espécies diferentes.
Estas podem ser avaliadas com base nas relações estabelecidas, podendo ser de benefício (+), prejuízo (-) e neutras(0), para os indivíduos envolvidos. Esta semana, vamos falar das relações intraespecíficas.
Assim temos:
-         Cooperação (+/+): é uma relação em que os indivíduos da mesma espécie, enquanto partes individuais, contribuem para o benefício do grupo como um todo, a este nível encontramos as sociedades e as colónias.

População de Suricatas

Numa sociedade existe uma hierarquia social e há divisão de tarefas entre os indivíduos do grupo. Um exemplo de sociedade, é uma população de suricatas em que as hierarquias são definidas, existindo elementos dominantes e outros submissos, nestas sociedades apenas o casal dominante se reproduz.
Pinguins protegendo-se do frio
Nas colónias, não existe uma hierarquia estabelecida de forma clara, como nas colónias de pinguins. O grupo relaciona-se de forma cooperativa, pescando em conjunto, e protegendo-se das condições climatéricas, mesmo sem o estabelecimento de hierarquia.

Grifos
-         Competição (-/-) ou (+/-): é o tipo de relação em que existe prejuízo para ambos os indivíduos da relação ou apenas um ganha. Nesta relação o indivíduo age por forma a garantir o seu benefício individual. Por exemplo, os leões macho, lutam entre si para conseguirem obter a dominância do grupo e assim acasalarem com as fêmeas. Outro exemplo é quando perante uma carcaça os grifos que a detectam, competem pelo alimento.
    Será que também há competição entre as árvores da mesma espécie numa floresta tropical? Sim há competição pela luz de que necessitam para fotossintetizar. As mais altas terão acesso ao recurso e farão sombra às que as rodeiam.

Dragões-de-komodo
-         Canibalismo (+/-): neste tipo de relação biótica, apenas um dos indivíduos obtém benefício, ao alimentar-se de outro indivíduo da mesma espécie. Pode ocorrer entre dragões-de-komodo adultos que se alimentam de juvenis ou de ovos.

Olhando para as várias espécies animais do Jardim Zoológico, podemos reflectir sobre os aspectos abióticos e bióticos que as afectam, bem como as cadeias e teias alimentares em que estas se englobam, muitas das quais a espécie humana também se engloba, infelizmente de forma destrutiva. Participa, com a tua turma no programa educativo “À Descoberta dos Ecossistemas” e poderás identificar exemplos vivos de relações intraespecíficas!




Sem comentários: