Follow by Email

sexta-feira, 16 de março de 2012

Ecossistemas - fatores abióticos


Podemos encontrar ecossistemas terrestres, aquáticos, hoje em dia também se consideram os ecossistemas ditos artificiais, criados pelo Homem, como por exemplo as cidades.
Num ecossistema encontramos fatores abióticos e bióticos, que o caracterizam. Dentro dos abióticos temos: luz, temperatura, vento, água, solo.
  • A luz – o conjunto de horas em que há luz num dia é designado por fotoperíodo e este é determinante para comportamentos das espécies, nomeadamente a época reprodutiva. Existem animais mais ativos de noite, são considerados noturnos. Há também os que não suportam a luz designados por lucífugos, como é o caso das minhocas, mas pelo contrário existem alguns que são atraídos por esta, como alguns insetos.   
  • A temperatura – esta como sabes varia ao longo do dia e também dos meses do ano, daí, em alguns locais, existirem as quatro estações, os animais apresentam muitas vezes adaptações a estas alterações.
  • A água – presente num ecossistema está essencialmente dependente da pluviosidade. As florestas tropicais húmidas são os ecossistemas com os índices de plusiosidade mais elevados, isto leva a uma elevada biodiversidade. Já num deserto, a biodiversidade é menor e os seres vivos que aí habitam são adaptados à escassez de água. Relativamente à água, importa referir que a humidade diz respeito à água presente na atmosfera. Quanto à água disponível, a concentração de sais que nela se encontra define a sua salinidade condicionando a existência de vida, assim no oceano e nos rios, encontramos seres vivos diferentes.
  • O solo – composto por matéria orgânica, mineral, ar, água e seres vivos. Tem origem na degradação das rochas que estão na base do solo e na matéria orgânica produzida por seres vivos. 
  • Vento – consiste no movimento de massas de ar, dependente da temperatura a que o ar se encontra, este condiciona a presença de humidade crucial para os seres vivos.

Sem comentários: