Follow by Email

sexta-feira, 30 de março de 2012

Relações de parentesco: famílias pequenas ou numerosas


Pai, mãe, irmão, irmã, avó, avô, tio, tia, primos… Em alguns casos os animais formam grandes grupos familiares, noutros vivem em grupos mais pequenos e até existem aqueles que vivem solitários.

Clã de Leões
O leão vive em grupos familiares (clãs), constituídos na base por leoas com parentesco direto (irmãs e filhas) e as respetivas crias, a presença de um ou dois machos adultos dominantes (normalmente irmãos) é temporária e periodicamente substituída. Já o tigre macho (pai) vive sozinho e é o tigre fêmea (mãe) que cuida das crias.

O chimpanzé vive em grupos, que podem ser constituídos por várias famílias (com pais, irmãos, tios, primos, etc.), chegando até cerca de 100 indivíduos. Já o orangotango é solitário ou vive em pequenos grupos, sendo as ligações mais fortes, as que unem fêmeas e crias. No zoo podes encontrar um pequeno grupo familiar, com uma cria.
Colónia de Flamingos
O flamingo forma grupos de aves (colónias), onde vivem juntas várias famílias compostas por um casal (pai e mãe), cuja fêmea pôe apenas um ovo. Já o casal de coruja-das-neves pode ter até 3 a 5 ovos se houver pouco alimento e de 7 a 11 ovos se este for abundante.

O aligátor fêmea (mãe) deposita 20 a 50 ovos e depois é ela que acompanha as crias durante 1 a 3 anos após o nascimento, enquanto o aligátor macho (pai) vive sozinho.

Estes são só alguns exemplos que podes encontrar no Jardim Zoológico! Numa visita guiada para o 1º ciclo “Os animais e o seu meio” podes conhecer de perto estas e outras famílias e aprender muitas coisas divertidas sobre a vida animal.

Sem comentários: