Follow by Email

sexta-feira, 11 de maio de 2012

As Aves viajantes


Celebra-se este fim de semana (12 e 13 de maio) o Dia Mundial das Aves Migradoras, e queremos convidar-te a vir conhecer algumas delas ao Jardim Zoológico.
Milhafre-real
Animais migradores são aqueles que se deslocam entre pontos mais ou menos distantes ao longo de um determinado período de tempo por questões climatéricas, de alimentação, de reprodução e/ou do número de horas de luz do dia. Certas migrações são periódicas, sazonais e constantes na sua rota.
Portugal, por apresentar um clima temperado, pode servir de local de destino ou paragem para aves migradoras, mas algumas dessas espécies ou populações tornaram-se sedentárias (residentes).
Das duas espécies de milhafre que ocorrem em Portugal uma, o Milhafre-real (Milvus milvus), é residente (embora seja migradora noutras partes da Europa), e a outra, Milhafre-preto (Milvus migrans), é migrador, deslocando-se entre locais de nidificação e invernia.
Flamingo-róseo
Os Flamingos-róseos (Phoenicopterus roseus ) estão distribuídos pelos países próximos do Mar Mediterrâneo. Não são verdadeiros migradores porque os seus movimentos são irregulares e geralmente não incluem toda a população. As migrações podem ocorrer depois da época de nidificação e as aves viajam para sul. Em Portugal temos populações residentes no estuário do Mondego, Tejo e Sado, e em zonas húmidas, como salinas, sapais, lagoas, desde a zona centro até ao Algarve.
Da mesma forma as Cegonhas-brancas (Ciconia ciconia) são residentes se ocorrem na Península Ibérica, mas no resto da Europa apenas nidificam, migrando após este período para a África tropical e do Sul. A Cegonha-branca está entre as aves de maiores dimensões que voam maiores distâncias em migração, podendo deslocar-se 40.000 km por ano (entre a Escandinávia e a África do Sul).
O Ganso-bravo (Anser anser) nidifica no norte da Europa, mas passa o inverno no sul de França, Península-Ibérica ou norte de África. Em Portugal pode ser encontrado no estuário do Tejo.
Agora vem descobrir outras aves migradoras no  Jardim Zoológico.
E desafiamos-te a enviar-nos um comentário sobre uma ave migradora que passe em Portugal, e que não tenha sido falada aqui.

Sem comentários: