Follow by Email

sexta-feira, 11 de maio de 2012

Da tundra à floresta tropical húmida


Um pouco à semelhança da mudança da temperatura no nosso país, passámos do frio ao calor, também aqui no nosso blogue, vamos esta semana visitar um habitat mais quente, ainda que húmido, a floresta tropical húmida.
Podemos encontrar este tipo de habitat na América do sul, África e também na Ásia, ainda que haja diferenças entre estas, porque na América do sul, temos diferentes níveis de vegetação e estes são definidos quanto à sua altura, ou seja, temos as árvores mais altas, acima de 20 metros, as que não chegam aos 20 metros e as que medem o mesmo que um adulto humano ou estão abaixo desta altura. Na Ásia estes diferentes níveis não se encontram claramente definidos.
Mico-leão-dourado
 Ainda numa análise comparativa entre América do sul e Ásia, nesta última o nível de humidade presente é mais elevado. Como sabemos estes são locais ricos em biodiversidade vegetal, ainda que o solo sobre o qual se implantam seja pobre, se tivermos em conta a  sua espessura diminuída, o que faz com que  na altura das queimadas para a produção agrícola,  as colheitas são produtivas, mas os solos perdem-se rapidamente e tornam-se inférteis. 
Colobo-de-guerezza-kikuiu
Quanto à biodiversidade animal, são vários os animais, que podes ver no Jardim Zoológico e que vivem nas florestas tropicais húmidas, são disso exemplo, dois habitantes da ilha de Sumatra, o Orangotango-de-sumatra e o Tigre-de-sumatra. Assim como o Mico-leão-dourado, o Jaguar e as Araras, todos estes vivem na América do Sul. Quanto ao continente africano temos o Gorila-ocidental-das-terras-baixas ou o Colobo-de-guerezza-kikuiu.

Sem comentários: