Follow by Email

sexta-feira, 25 de maio de 2012

DIA INTERNACIONAL DA BIODIVERSIDADE


No dia 22 de maio, comemorou-se o Dia Internacional da Biodiversidade.
Proclamada pelas Nações Unidas, esta efeméride visa aumentar a consciencialização acerca da importância da diversidade biológica. Este ano, o tema é a “Biodiversidade marinha”.
Cobrindo cerca de 71% da superfície terrestre, o oceano é um vasto território, que, segundo alguns, é menos conhecido do que a superfície lunar. As espécies marinhas já identificadas rondam as 250 mil. Porém, alguns cientistas sugerem que poderão ser 1 milhão ou mesmo o dobro.
 Note-se que 95% do volume dos oceanos continua por explorar, pelo que, seguramente, muitas espécies novas estarão por descobrir.
Mas afinal o que é a biodiversidade? Será que é importante que continue a existir? Biodiversidade, poderá ser definida de diferentes formas, consiste numa visão global da vida na sua parte, os indivíduos e no seu todo, as populações. Também considera as suas diferentes interações intra ou interespecíficas, existentes entre eles. 
Assim temos os diferentes seres vivos existentes, espécies e interação entre estes ao nível dos ecossistemas.E será que dentro de uma mesma espécie também há biodiversidade? Sim, basta olharmos para a nossa espécie, somos diferentes e todos pertencemos à mesma espécie, o nosso fenótipo diferente é o reflexo de um genótipo.
Quanto à importância desta biodiversidade, será que a perda de biodiversidade é importante? Sempre ocorreram extinções no nosso planeta, mas agora a velocidade a que estão a acontecer é verdadeiramente alarmante, todos os dias perdemos espécies, algumas das quais nem teriam ainda sido conhecidas pela ciência. A perda de espécie leva à perda de biodiversidade e consequentemente imprime alterações ao nível dos ecossistemas que leva ao seu desequilíbrio.
Dentro do ecossistema global, biosfera, está o Homem e também seremos afetados por estes desequilíbrios, por fenómenos como por exemplo, as pragas.

Sem comentários: