Follow by Email

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Cara-a-cara com o caracará

O Caracará (Caracara sp.) distingue-se facilmente por ter longas patas amarelas, bico adunco azul, face nua de pele amarela ou vermelha, peito claro estriado de negro e um penacho de penas negras na cabeça.
Apesar do seu aspeto fora do comum pertence à família dos falcões. Porém, tem uma dieta mais oportunista que os restantes elementos deste grupo. É sobretudo necrófago ou caça presas pequenas, mas também já foi visto a alimentar-se de frutos, em lixeiras ou a caçar em grupo presas maiores.
À semelhança dos elementos da sua família é um bom voador e planador, mas também está muito bem adaptado à marcha, passando longos períodos no solo.
Pode ser solitário, viver em casais permanentes ou, até, ser visto em grupo. Mantém comportamentos de limpeza com os indivíduos do mesmo grupo que, para além de os livrarem dos parasitas, poderá fortalecer os laços entre eles ou estabelecer hierarquias.
Algumas populações têm sido afetadas pelo destruição do habitat ou por atropelamentos devido à proximidade com as estradas, enquanto outras têm beneficiado com a abertura de zonas de pastagens, o seu habitat preferencial. Vivem exclusivamente no continente americano.
O seu nome comum é dado pelo som característico que emitem, normalmente acompanhado por um movimento da cabeça para trás.
Vem conhecê-lo na apresentação do Bosque Encantado.

Sem comentários: