Follow by Email

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Conservação e Reintrodução


Como sabes,  o zoo tem hoje três funções principais: A educação, a investigação e a conservação!
Quando pensas em conservação provavelmente pensas também em espécies em perigo de extinção mas já ouviste falar de reintrodução? De uma forma simplificada, podemos dizer que a reintrodução consiste no conjunto de práticas que envolvem a introdução de animais que estavam sob cuidado humano, num determinado habitat, com o objetivo de contribuir para a preservação da espécie.
 Achas que a reintrodução é algo fácil de pôr em prática? Na verdade não é. É um processo complexo e que pode levar bastante tempo. Ainda assim, existem no zoo algumas espécies de animais que são verdadeiros casos de sucesso!
Já ouviste falar de um animal chamado Ádax?  O Ádax é uma espécie de antílope que habita zonas desérticas no norte de África,  em países como Marrocos e Tunísia. São ruminantes e toleram muito bem o calor extremo do deserto e a baixa humidade, podendo passar bastante tempo sem beber água.
Para além disto o Ádax é uma espécie classificada como Criticamente em Perigo pela IUCN, o que significa que está muito próximo de desaparecer da natureza e de se extinguir totalmente. Em algumas zonas onde anteriormente existiam,  estes animais foram desaparecendo devido à caça direta e à competição pelo alimento com o gado doméstico.  A espécie chegou mesmo a desaparecer em algumas zonas de Marrocos.
Graças ao trabalho de conservação e reintrodução feito por parques e zoos como o de Lisboa, que tinham animais desta espécie sob o seu cuidado,  formou-se um grupo de 70 animais que foi enviado para um parque nacional em Marrocos de modo a repovoar novamente essa área. Dez anos depois da reintrodução deste grupo, existiam já 550 animais nessa região!
O Ádax não é  o único animal reintroduzido pelo Jardim Zoológico. Também o Leopardo-da-pérsia e o Órix-da-arábia são casos de sucesso e demonstram a importância que os zoos têm na conservação das espécies hoje em dia. 

Sem comentários: