Follow by Email

domingo, 28 de setembro de 2014

Do lago para a terra

Há animais cujos ovos são colocados dentro de água, e é aqui que se desenvolvem até nascerem os girinos. Pequenos animais com cauda e sem patas. Depois aparecem as patas e desaparece a cauda!
Assim, passam por várias transformações até ficarem com a forma que conheces, são as rãs e os sapos, que são da classe dos anfíbios, esta palavra quer dizer que eles têm uma vida dupla, na água e na terra. São bons nadadores mas também se deslocam muito bem em terra, usando como locomoção o salto.
O seu revestimento é pele nua, ou seja, não têm pelo como a classe dos mamíferos, nem escamas epidérmicas como as lagartixas, que são da classe dos répteis.
No nosso país existem vários sapos e rãs, como o sapo-parteiro-comum, a rã-de-focinho-pontiagudo, o sapo-de-unha-negra. Têm nomes engraçados e são animais muito interessantes.
Muitos anfíbios estão em perigo por causa da poluição dos rios e também por causa de uma doença provocada por um fungo que os leva à morte.
Aqui no Jardim Zoológico podes observar a Rã-tomate, a Rã-leitosa-da-amazónia e o Axolote.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Quando um animal tem que deixar o Zoo!


No âmbito do programa Europeu de Reprodução de Espécies Ameaçadas (EEP), o Jardim Zoológico enviou um Hipopótamo (Hippopotamus amphibius), para o Zoo de Turim. A troca de animais entre zoos é realizada mediante determinadas normas definidas por entidades como a EAZA - Associação Europeia de Zoos e Aquários. Neste caso como o Zoo de Turim não tinha nenhum macho e tinha essa necessidade, depois de avaliação por parte do coordenador do Programa que se situa no Zoo de Ostrava, na República Checa, foi autorizada a transferência para o Zoo italiano.

Nascido no Jardim Zoológico em 2011, o hipopótamo José Maria está quase a atingir a maturidade sexual, pelo que este é o momento indicado para iniciar uma nova etapa. Entre os herbívoros, este é o processo natural, pois podem surgir conflitos quando existem dois machos adultos. 

Os preparativos para a viagem começaram algumas semanas antes e passaram por treinar o José Maria para entrar na caixa onde viria a ser transportado. Esta caixa de transporte foi construída especialmente para o José Maria, tendo em conta as suas dimensões.

A equipa do Jardim Zoológico percorreu 2.100 km para acompanhar o animal e a sua integração na nova instalação em Turim. Ao longo do trajecto, que durou 33 horas, foram realizadas várias paragens com procedimentos de segurança e vigilância médica.

Como o hipopótamo é um animal muito habituado a água, o José Maria foi borrifado várias vezes durante a viagem, sendo que no transporte foram incluídos contentores e uma bomba própria para molhar o animal.

O hipopótamo José Maria encontra-se, agora, em fase de adaptação no Zoo de Turim e, em breve, será colocado em contacto com os outros animais do parque.

A deslocação dos animais pode ser feita por vários tipos de transporte(aéreo, terrestre ou marítimo), sendo considerados diversos aspectos, tais como o tamanho do animal ou o destino. O Jardim Zoológico costuma organizar transportes terrestres para os quais é estabelecida uma rota rigorosa de forma a rentabilizar, para entregas e recolhas de animais, de forma a rentabilizar o tempo e o transporte, reduzindo ao mínimo possível o tempo que cada animal passa dentro da caixa transportadora, o que aumenta o sucesso do próprio transporte. 

Desde 2006, o Jardim Zoológico já realizou 23 transportes de 174 animais com mais 83.084 km percorridos, o que equivalente a mais de 100 dias de viagem.

(Re) Visite o Jardim Zoológico e contribua para um projecto global de conservação!

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

O Homem e os animais no planeta Terra


A vida na Terra terá surgido há 3400 milhões de anos atrás a partir de partículas de água. A Natureza seguiu o seu curso e moléculas como o ADN, originaram seres cada vez mais complexos. O planeta Terra é a casa de milhões de espécies diferentes de plantas e animais…

O Reino Animal representa um enorme conjunto de formas diferentes de vida. Distinguem-se individualmente pela sua forma, tamanho, comportamento, habitat entre tantas outras características específicas. Mas o objetivo de vida de todos eles é o mesmo: cumprir o seu ciclo de vida. Cada espécie tem o seu próprio ciclo de vida, que se repete de geração em geração. Ou seja, manter-se vivo o tempo suficiente para se reproduzir e originar descendência antes de finalmente morrer. Por outras palavras, garantir a sobrevivência da sua espécie. Mas quando este ciclo é quebrado, o que acontece? O número de animais daquela espécie vai inevitavelmente diminuir.

Mas porque razão é que os animais estão em perigo? Sobretudo porque o Homem está a destruir os seus habitats, a polui-los, a alterar o clima do planeta, a abater animais que vivem na natureza e a caçá-los. Em ultima análise, o que interrompe o ciclo de vida da maioria das espécies é o Homem.

A presença do Homem influencia diretamente o ambiente em que se insere. Infelizmente grande parte do impacto da ação humana é destrutiva e tem sido devastadora para a conservação da Natureza, e numa escala global, para o planeta. O Homem é a principal ameaça à sobrevivência das espécies e o principal responsável pela diminuição avassaladora da Biodiversidade do Planeta.

Estima-se que 1 em cada 4 espécies de mamíferos, 1 em cada 8 espécies de aves e 1 em cada 3 espécies de anfíbios estão em risco de extinção. Todos os anos desaparecem da Terra animais extraordinários, extinguem-se. E a extinção é para sempre!

Sabia que o comércio ilegal de espécies é o 2º negócio ilegal que envolve mais dinheiro? E que a cada segundo, 6000 m2 de floresta tropical húmida é desflorestada?

O momento é crítico e todos temos um papel a desempenhar, uma missão a cumprir diariamente. É muito simples, se não quiser pesquisar sobre o que pode fazer, basta lembrar-se de consumir menos e consumir melhor. Reduzir, reutilizar e reciclar são mesmo os pilares para a conservação do planeta.

A consequência da perda da biodiversidade, da destruição dos habitats, das alterações climáticas e da resultante extinção de inúmeras espécies animais e vegetais é devastadora para a sustentabilidade do planeta e para a sobrevivência da própria espécie humana. A Terra é um enorme ecossistema em que tudo está interligado e cada um afeta o todo. Um ecossistema é exatamente isso, um conjunto de fatores que atuam em simultâneo numa determinada região. Ou seja, a alteração de um só elemento do ecossistema causa modificações e pode levar ao desequilíbrio desse ecossistema.

É urgente agir! Todos precisamos de assumir a nossa parte individual e cada um de nós contribuir para o equilíbrio e não para o desequilíbrio dos ecossistemas.

KIDSEXPERIENCE@ZOO - AS TIC NO JARDIM ZOOLÓGICO


As TIC desempenham um papel central na sociedade contemporânea e as formas de comunicação, de acesso à informação e de produção de conhecimento que estas propiciam, não só estão próximas dos alunos de hoje, como nelas reside um elevado potencial para a promoção do desenvolvimento global dos indivíduos e da sociedade. Estes meios tecnológicos permitem uma educação personalizada, currículo adaptado e sistemas educacionais que são inerentemente mais criativos e dinâmicos. 
Sendo que as competências de aprendizagem para o séc. XXI são:

· Competências de Informação e Comunicação eficaz;

· Competências de Raciocínio, resolução de problemas e raciocínio;

· Competências interpessoais, colaboração e de auto-regulação;

· Uso de tecnologias;


Neste âmbito apresentamos uma nova proposta, com o apoio da Microsoft Educação, que permite trabalhar as competências em TIC, enquanto estratégia de consolidação de conhecimentos adquiridos através dos vários Programas Educativos no Jardim Zoológico. 



Kids Experience@Zoo - Os seres vivos e o meio ambiente (1ºciclo)


Vamos conhecer pormenores fascinantes e aprender mais sobre o papel dos animais na vida do Homem ao longo dos tempos, em diferentes tradições e culturas! Vamos distinguir os animais domésticos dos selvagens, aprender como se comportam como estão em família, como se alimentam, quais os sentidos mais desenvolvidos em cada espécie e ainda as suas cores e sons. Para consolidar estes conhecimentos os alunos vão criar documentos digitais originais para exprimir ideias, emoções e sentimentos utilizando as diferentes funcionalidades das ferramentas e Apps de desenho livre e produção de texto recorrendo ao sistema operativo Windows 8.1 e do Microsoft Office 2013. 



Kids Experience@Zoo – Diversidade dos seres vivos (2º ciclo)


A biodiversidade é dada a conhecer através das centenas de espécies existentes no Jardim Zoológico. Vamos conhecer os diversos habitats, os regimes alimentares, a reprodução, o revestimento, a locomoção e ainda a classificação das várias espécies, desde a pequena Mainá ao grande e pesado Hipopótamo. 
Para consolidar estes conhecimentos os alunos vão utilizar as tecnologias de informação e comunicação para apoiar processos de pesquisa, tratamento, produção e divulgação de informação, utilizando as diferentes funcionalidades das ferramentas e Apps de desenho, tratamento de imagem e produção de texto recorrendo ao sistema operativo Windows 8.1 e do Microsoft Office 2013. 



Kids Experience@Zoo - Biodiversidade e ecossistemas (3º ciclo)


Vamos refletir sobre os fatores abióticos e bióticos que afetam as diferentes espécies, bem como sobre as cadeias e teias alimentares em que estas se englobam! Vamos ainda ponderar sobre as atuais perturbações no equilíbrio dos ecossistemas e como é que estas afetam os animais que partilham connosco o Planeta; o que podemos fazer para desenvolver uma visão sistémica da Natureza e ainda como podemos contribuir para a sustentabilidade da Vida na Terra. 
Para consolidar estes conhecimentos os alunos vão classificar, categorizar e organizar a informação selecionada, recorrendo a ferramentas digitais e Apps adequadas, tais como programas de gráficos, de criação de mapas conceptuais, recorrendo ao sistema operativo Windows 8.1 e do Microsoft Office 2013.


Reuna já a sua turma e contacte o centro Pedagógico para a marcação do Kids Experience@Zoo. Para mais informações consulte aqui