Follow by Email

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

O conto vencedor foi:


O NATAL DA BOCAS

Era Natal. Fazia tanto frio que até o pequeno urso polar se enroscava na sua mamã. Era normal que houvesse frio no inverno, mas este ano o frio estava a deixar os animais à beira de um ataque de nervos. Só a Bocas parecia adorar o frio que se fazia sentir. Mas porquê? Bocas era um hipopótamo. Devia gostar de calor… Isto andava a deixar os animais intrigados. Que estranho… A macaca Mimi decidiu investigar.
Mimi, munida de binóculos e com o gorro mais quentinho que tinha, roubado a um visitante incauto, começou a seguir Bocas por todo o lado quando o zoo fechava, à noite. Bocas parecia não se aperceber. Assim que o Zoo fechava Bocas abria o portão e corria desalmadamente pelo recinto. Parecia procurar qualquer coisa…ou alguém…. Mas o quê? Quem?
Mimi estava cada vez mais intrigada… Estaria a Bocas a ficar doida? Que comportamento estranho.
Isto repetia-se noite após noite…Ninguém parecia compreender o que se passava.
Na véspera de Natal a história repetiu-se, mas Bocas fez algo diferente. Depois da correria inicial saiu de uma pequena gruta escondida por trás de uns arbustos que a macaca Mimi não tinha conseguido ver com um enorme saco vermelho.
Era o saco do Pai Natal! Bocas tinha aceitado ajudar o Pai Natal a distribuir os presentes na noite de Natal pois ele sozinho não conseguia. Sempre que corria pelo Zoo queria apenas ver quanto tempo demorava a entregar todos os presentes aos animais seus amigos e nessa corrida louca não sentia o frio gélido de que todos se queixavam. O seu coração estava cheio de amor e boa vontade. Quentinho com tanto carinho! Tudo o resto não interessava.
E foi assim que Bocas conseguiu distribuir os presentes a todos os animais do Zoo enquanto a amacaca Mimi esfregava um olho… Todos receberam uma mantinha polar quentinha e uma lembrança personalizada que Bocas tinha pedido ao Pai Natal.
A macaca Mimi recebeu um espelho porque adora coisas brilhantes. A girafa Marrafa um colar de pérolas porque é muito vaidosa. A leoa Malala um voucher para um spa para descansar do trabalho que o filhote lhe dá. A suricata Mulata uma salva de prata.O crocodilo Murilo uns calções de banho para o estilo.
O Zoo rejubilava com os presentes deste ano! Bocas tinha feito deste Natal um Natal muito especial no Zoo. Todos estavam felizes!
Quem olhasse para lá nessa noite poderia observar um brilho intenso sobre o Zoo, um brilho proveniente do carinho e da felicidade de todos naquela ceia. Um brilho que espelhava o verdadeiro espírito de Natal!

Parabéns Elizabete Saragoça, ganhou um dia temático no ATL de Natal do Zoo!

Sem comentários: