Follow by Email

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Tradição em Dia de Reis

Sabia que é tradição portuguesa comer romãs no dia dos Reis?
Acredita-se que quem o fizer terá abundância o ano todo. A romã foi sempre considerada um símbolo de fertilidade por ter uma grande quantidade de sementes.
Mas o fruto ganhou outros significados como o de abundância, prosperidade e riqueza. O povo diz que no «Dia de Reis deitam-se três bagos de romã no lume para o ter aceso, três bagos na caixa do pão e três no bolso do dinheiro para ter dinheiro e pão (Teófilo Braga, em «O povo Português suas crenças e costumes»).
A árvore que dá este fruto é nativa da região que vai desde o Irão ao norte da Índia e aos Himalaias. Passou depois a ser cultivada no Mediterrâneo, na Europa e em África.
É um arbusto que atinge de 2 a 5 metros, de cor avermelhada e cinzenta nos ramos e nos troncos.
A romanzeira (Punica granatum), é uma planta de muitas utilidades, seja para a produção de frutos ou como ornamental em parques e jardins.Pode adaptar-se a qualquer tipo de clima, embora cresça melhor em temperaturas amenas. 

O vento forte pode prejudicar a frutificação pois causa uma excessiva queda das flores. Deve-se tomar cuidado nas regiões em que o clima é húmido, pois podem aumentar os fungos nas cascas da fruta. As flores da romãzeira são vermelho-alaranjadas e simples. Perde as folhas no inverno e recupera-as na primavera.

Também se utilizam as suas folhas, a casca da raiz e dos frutos para fins medicinais
A romã tem ação anti-inflamatória, antidiarreica, diurética, antisséptica e antioxidante.

Não se esqueça de comer uma romã hoje, mesmo não crendo que traz abundância ela é rica em vitaminas A, B, C e ácido fólico ajudando a aumentar as defesas do organismo, portanto ficará sempre a ganhar.


Sem comentários: