Follow by Email

sábado, 21 de março de 2015

Bem vinda Primavera

Apesar do céu cinzento e de alguns aguaceiros o sol já nos brindou com a sua luz, tornado os dias de Março mais quentes, apelando a um passeio ao ar livre.

Percebemos que a Primavera está de volta quando olhamos para o céu, e para além de uma imensidão de azul invadida por raios de sol, podemos também observar outros sinais primaveris, as aves migratórias.



O canto do Cucu-canoro e os bandos de andorinhas que podemos ouvir a avistar prenunciam a chegada das estações quentes e do calor.


O Cucu-canoro (cuculus canorus) é uma ave estival que pode ser vista ou ouvida habitualmente de Março a Julho, estando bem distribuído pelo nosso país. Prefere habitar as zonas florestadas, bosques e montados em detrimento de zonas de altitude, matos muito densos ou locais urbanizados.

O seu canto é um anúncio de que a Primavera está a chegar, a coloração das suas penas é cinzenta e tem uma orla amarela à volta dos olhos que faz lembrar o sol. Se quiser reconhecer o canto desta ave ouça-o aqui.

A mais conhecida e simbólica espécie que anuncia a chegada da Primavera no nosso território é a Andorinha-dos-beirais(Delichon urbicum). Quem nunca viu esta ave de asas negras e ventre branco a sair de um ninho construído no canto de algum telhado ou varanda? É das primeiras a chegar a Portugal, por vezes em Fevereiro, ainda antes dos primeiros raios de sol da Primavera, já podemos avistá-las a entrar e a sair dos seus característicos ninhos. São fáceis de reconhecer pelo contraste entre o preto e o branco das suas penas, a sua cauda bifurcada e o bico muito pequeno. A andorinha-dos-beirais é uma ave insectívora e consegue capturar o seu alimento em pleno vôo. Elas usam lama, palha, folhas e outros materiais macios para fazer o ninho em sítios abrigados como beirais de prédios ou mesmo debaixo de pontes.

Andorinha-dos-beirais

Sabia que é possível um casal de andorinhas migrar e voltar ao mesmo ninho um ano depois? Eles têm um bom sentido de orientação e muitas vezes conseguem encontrar o ninho construído na Primavera passada.

É nesse ninho que põem os ovos e tanto o pai como a mãe cuidam deles até as crias nascerem, depois é habitual ser o pai a levar o alimento para as crias.

E já que a Primavera está aí, que tal aproveitar os dias de sol para um passeio no Jardim Zoológico? Aqui também há muitos animais que nos brindaram com crias novas na chegada da Primavera. Venha conhecê-las!

Sem comentários: