Follow by Email

quinta-feira, 19 de março de 2015

No Zoo também há pais dedicados

Os cuidados parentais são um conjunto de comportamentos que têm como objetivo potenciar a sobrevivência das crias, aumentando assim o sucesso reprodutivo das espécies.
Mico-leão-dourado
Quando ouvimos falar em cuidados parentais pensamos imediatamente em cuidados maternos como a amamentação, no caso dos mamíferos, mas na verdade existem espécies onde o pai tem um papel fundamental no cuidado das crias.

Em alguns mamíferos é habitual ser o pai a tratar de caçar ou procurar o alimento para a família, noutros como no caso Leão, o pai tem a tarefa de proteger, enquanto as leoas fazem todas as “tarefas domésticas”. Já em alguns primatas os pais dedicam-se a transportar as crias às costas, o Siamango fá-lo durante 2 anos, pois durante este período a cria só retorna para a companhia da mãe para mamar e dormir; os pequenos primatas como os micos e saguins têm pais muito prestáveis que ajudam a carregar uma das crias enquanto a mãe carrega a outra.

No entanto é nas aves que encontramos pais mais dedicados, a maioria dos machos ajuda a alimentar as crias depois que estas nascem, mas há ainda aqueles que ajudam as fêmeas a incubar os ovos ou que fazem esta árdua tarefa completamente sozinhos como é o caso do Casuar, que depois de construir o ninho incuba os ovos durante cerca de 50 dias e ainda acompanha as crias durante os seus primeiros 9 meses ensinando-as a alimentar-se; ou o macho da Ema que durante o importante período de incubação nem sequer se alimenta para cumprir a sua tarefa.


Desejamos a todos os pais um magnífico dia do pai!



Sem comentários: