Follow by Email

domingo, 3 de maio de 2015

Grandes Mães



As Grandes primatas são grandes mães, e não, não estamos a referir-nos aos seres humanos. Não somos só nós que somos grandes mães, protetoras, carinhosas e preocupadas.

As grandes primatas dão provas de serem tudo isso também.

Sabia que o período de amamentação (mesmo em complemento a outra alimentação) nas grandes primatas pode ir até aos 4 anos?

Depois de 8 meses de gravidez a mãe Chimpanzé transporta a cria no ventre nos primeiros meses de vida, depois passa a transportá-la nas suas costas. A cria mantém-se dependente da mãe durante o período de amamentação, isto é, cerca de 3-4 anos (48 meses). Todavia, o contacto entre mãe e cria é praticamente contínuo durante o primeiro ano de vida, mas a partir do segundo ano os juvenis começam a afastar-se ligeiramente, podendo ficar a uma distância de 5 metros da mãe (que não aumenta até perfazerem os 3 anos de idade). Esta fase corresponde a uma diminuição da amamentação e ao início da alimentação independente e do comportamento lúdico. Durante o período juvenil (6-10 anos de idade), os chimpanzés permanecem na proximidade da sua mãe, mas brincam de forma independente e mantêm uma maior interação social com os restantes membros da comunidade.

Apesar de serem animais solitários, não podemos negar a forte ligação que se estabelece entre a mãe e a cria de Orango-tango. que é amamentada até aos 3-4 anos de idade e permanece com a progenitora até aos 5-6 anos. 

Quem também mama até cerca dos 4 anos (um pouco menos em algumas subespécies) é a cria do Gorila, mas esta dispensa grandes descrições pois poderá vê-la ao vivo no Jardim Zoológico!A nossa gorila-ocidental-das-terras-baixas, a Anguka presenteou-nos com um pequeno macho, ajudando assim a preservar a sua espécie que está criticamente em perigo.  É o nosso presente para todas as mães que decidam vir ao Zoo passear no seu dia e aproveitar o desconto de 15% no bilhete, desde que venham acompanhadas com a sua cria.






Sem comentários: