Follow by Email

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Abutre também conhecido por Grifo



Sabia que dia 1 de Setembro se comemora o Dia Internacional do Abutre?

Hoje vamos ficar a conhecer melhor esta ave que é uma rapina e como tal apresentam características típicas destas aves, nomeadamente, bicos curvos e pontiagudos, garras fortes e visão desenvolvida. 
Estas aves têm 95 a 110 cm de comprimento e 240 a 280 cm de envergadura de asas. Como todas as aves, o seu revestimento são as penas, mas na zona do pescoço e cabeça apresentam uma penugem muito pequena de cor branca, na base do pescoço têm uma coroa de penas brancas. Esta característica está diretamente relacionada com a sua alimentação, uma vez que se alimentam de cadáveres, de ungulados e pequenos mamíferos (lebres), tanto selvagens como domésticos, são chamados necrófagos.
 Em termos sociais, vivem em grupos – são gregários – e cooperam na procura de alimento.
A nível reprodutivo, primeiro ocorre a corte da fêmea no solo e o ninho é construído em saliências das escarpas, sendo por isso conhecidas as colónias destes animais como “muralhas de grifos”. A postura é de apenas um ovo que é incubado em cerca de 60 dias. As crias são altriciais, ou seja, quando nasce são totalmente dependentes dos progenitores.
Hoje esta espécie encontra-se com um estatuto de conservação de pouco preocupante, mas as ameaças são elevadas, nomeadamente em termos de diminuição de alimento, este facto está em parte relacionado com a lei que hoje existe e em que todos os cadáveres de animais domésticos terem de ser removidos do campo, por questões de saúde pública.
 Por outro lado, os envenenamentos e abates ilegais, são hoje outras das principais ameaças, muitas vezes por receio que estes animais ataquem o gado, mas como já foi referido apenas se alimentam de animais mortos.
Estas aves podem ser observadas em Portugal continental, na região do Douro. No nosso país ocorrem três espécies de abutres, Grifo (Gyps fulvus), Britango (Neophron percnopterus) e Abutre-Negro (Aegyplus monachus).
Todos os dias as 12.30 e 17.30 (horário de verão) poderá observar esta ave em voo livre, no Bosque Encantado, esperamos pela sua visita.

Sem comentários: